domingo, 2 de janeiro de 2011

Poesia - Desacontecer (2007)

Hoje desaconteceu tudo.
Não recebi o e-mail que esperava,
nem chorei.
Não curti o que imaginava,
nem sonhei.
Não recebi um beijo,
nem mandei.
Não escutei o que ansiava,
nem falei.
Não fiz, não senti, nem doeu.
Simplesmente desaconteceu.


Analú (2007)


5 comentários:

argumentonio disse...

parou o tempo?

um tempo assim parece intervalo!

e em tempo de intervalo, desacontecer é um acontecimento!!

;_)))

Zé Carlos disse...

Ana Lucia, que bom vc chegar hoje até aqui em casa, tive saudades mas vc desapareceu. Vou te enviar um e-mail, busque lá.

Seu blog sempre lindo e uma delícia de se ler.

Beijão menina e Feliz 2011.

João Esteves disse...

A vida tem mesmo seus desacontecimentos, Analu.
Seu jeito de sintetizá-los é gracioso.
Gostei de reencontrar hoje este seu blog cheio de alma.
Isso acontece mesmo, sempre.
Beijos, Feliz 2011

carlosonofre disse...

Esse é um caso sério,né?
Estamos sempre esperando acontecer e não acontecer...É um dilema!
Que aconteça tudo de bom com vc!
Beijos menina linda!!!
Carlos Onofre*

flavioaquistapace disse...

Olá, Ana, tudo bom?

Será q narrar o q não acontece é tão mais interessante do q o q aconteceu?

Obrigado pela visita e
Um abraço,
Flávio